Como criar um blog no WordPress

Bom, o primeiro passo para quem quer ganhar dinheiro com um blog é criá-lo. Quem já possui um blog e quer apenas monetizá-lo, pode pular esse artigo. Mas, como tem muita gente que ainda não tem um blog, então vou explicar do início. Existem várias plataformas que podem ser usadas num blog, mas a que eu recomendo é o WordPress.

Existem dois tipos de WordPress:

1. WordPress.org que é o site de desenvolvimento do WordPress, onde você baixa o programa para criar seu site ou blog, depois instala-o em sua hospedagem e domínio próprio. Alguns servidores, já possuem o programa, então não será necessário baixá-lo, mas apenas realizar a instalação através do painel de controle. O WordPress.org não é pago, o que é pago é seu servidor de hospedagem e seu domínio, o WordPress é disponibilizado para download gratuitamente.

2. WordPress.com é um site gratuito, onde você pode criar e hospedar seu blog, porém ele ficará com o endereço no seguinte formato: seusite.wordpress.com À primeira vista, parece até interessante poder ter um blog sem os custos da hospedagem, mas se seu objetivo for ganhar dinheiro, então esse formato não serve. Usando o WordPress.com, você não poderá instalar qualquer tema, não poderá instalar plugins que ajudem a divulgar o blog, nem utilizar publicidade (programa de afiliados) ou um sistema de estatísticas como o Google Analytics. Você não terá acesso ao FTP do servidor e será obrigado a exibir no rodapé o texto “Aloje seu blog com WordPress.com”.

Como o objetivo da maioria é rentabilizar o blog, então vamos falar somente da primeira opção. O primeiro passo é registrar um domínio. O registro pode ser feito em diversos sites diferentes, se for domínio internacional .COM, .NET, etc., e no site do Registro.br se for um endereço nacional (http://registro.br).

Depois, precisa encontrar um bom servidor de hospedagem, indico a HOSTINGER! Um servidor de ótimo custo-benefício e que uso em vários sites que faço, nunca tive nenhum problema. E instalar o WordPress nesse servidor (escolher um login, senha, etc.)

O passo seguinte será escolher um tema. O WordPress disponibiliza uma infinidade de temas gratuitos, e existem alguns muito bons. Se o objetivo for algo mais profissional, é possível comprar temas, alguns são bem em conta, o site mais indicado é o Themeforest

Depois de instalado o tema escolhido, é preciso configurá-lo, geralmente dá para mudar as cores, a imagem de logo, etc.

Agora vamos ao passo seguinte: instalar os plugins básicos. Os plugins gratuitos que eu mais uso são esses:

1. WordPress SEO Yost: melhor plugin para SEO, permite que você configure praticamente tudo no seu site – Títulos, Meta-Description, Taxonomias, Facebook Open Graph, Twitter Cards, Google Authorship, Sitemap XML, Trilhas de Navegação (breadcrumbs), Conteúdo para RSS;

2. Jetpack: é um conjunto de utilitários e plugins que fazem parte da estrutura do WordPress.com há muito tempo, como estatísticas, widgets para o Twitter, encurtamento de endereços, partilha através de mídias sociais, verificação ortográfica de postagem (em Português), shortcodes para vídeos e outros tipos de mídias, entre outras funcionalidades;

3. W3 Total Cache: aumenta bastante a velocidade do seu site ou blog. Ele consegue isso guardando em cache todos os aspectos do seu site, reduzindo o tempo de carregamento de suas páginas. Seu servidor terá uma alta performance ao instalar esse plugin;

4. Akismet: protege seu site de spams em comentários e trackbacks.

Bom, esses são os básicos. Nos próximos posts, voltaremos a tratar desse assunto, pois existem vários outros plugins importantes que não precisam de instalação imediata, logo que um blog é criado.

Com os passos que descrevi neste post, seu blog já está totalmente pronto para receber o primeiro artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *